FMGARCIA - SAMP
Bem vindo ao nosso Fórum, faça o seu registro gratuito.
Respeite as regras do fórum e do servidor.
Nosso servidor é *Role-Playing Game - RPG*.
Nosso lema é: *DIVERSÃO*.

DISCORD: https://discord.gg/UsduDqw
IP: 54.39.145.16:7720
YOUTUBE: https://www.youtube.com/user/HuemersonSUPER
FACEBOOK: https://www.facebook.com/Fmgsamprpgvr
IP: 54.39.145.16:7720
FMGARCIA - SAMP
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.


07 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Ir em baixo

12062020

Mensagem 

Olhinho 07 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL




07 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Indepe10
07 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

A independência do Brasil foi proclamada em 7 de setembro de 1822, o que assegurou a emancipação da ex-colônia portuguesa. D. Pedro foi aclamado o primeiro imperador do Brasil, com o título de D. Pedro I, sendo coroado no dia 1º de dezembro do mesmo ano.

Durante o período colonial, as capitanias estavam subordinadas à autoridade central do vice-rei, que governava em nome do rei de Portugal. A situação econômica era precária, na agricultura, a produção do tabaco e do algodão foram reduzidas e a cultura canavieira estava em fase de decadência. A pecuária se restringia à produção de charque no Rio Grande do Sul ou de subsistência. A mineração apresentava baixo rendimento, pois as jazidas estavam esgotadas. A indústria não se desenvolvia, devido as proibições da metrópole. O comércio no Brasil era limitado pelas restrições impostas pelo monopólio, pois a colônia podia comerciar apenas com a metrópole.

No início do século XIX, grande parte da Europa estava dominada pelas tropas do imperador dos franceses, Napoleão Bonaparte. Seu principal inimigo era a Inglaterra. Em 1806, o imperador decretou o Bloqueio Continental que obrigava a todas as nações da Europa continental a fecharem seus portos ao comércio inglês onde pretendia-se enfraquecer a Inglaterra e derrotá-la economicamente. Nessa época, Portugal era governado pelo Príncipe Regente D. João. Pressionado por Napoleão, que exigia o fechamento dos portos portugueses ao comércio inglês, e ao mesmo tempo pretendendo manter as relações com a Inglaterra, D. João tentou adiar uma decisão definitiva sobre o assunto.

No dia 22 de janeiro de 1808, D. João chega a Salvador, onde tomou a mais importante medida de caráter econômico. Em 28 de janeiro, expediu a Carta Régia de Abertura dos Portos do Brasil às nações amigas de Portugal. Rapidamente, os produtos ingleses começaram a chegar e um grande número de firmas inglesas se instalaram no Brasil. Em sua estadia na capital baiana, D. João também fundou a Escola de Cirurgia da Bahia, na época, equivalente a atual faculdade de medicina. Após três meses em Salvador, rumou para o Rio de Janeiro, onde desembarcou em março do mesmo ano. Em 1810, D. João assinou o Tratado de Comércio e Navegação. Entre outros atos, este estabelecia a taxa de 15% sobre a importação de produtos ingleses, enquanto Portugal pagava 16% e as outras nações 24%. Em 1815, após a derrota definitiva de Napoleão, as potências europeias reuniram-se no Congresso de Viena. O objetivo era restaurar o regime absolutista anterior à Revolução Francesa. Para obter o reconhecimento da dinastia de Bragança e o direito de participar do Congresso, em 16 de fevereiro de 1815, D. João elevou o Brasil ao Reino Unido de Portugal e Algarves.

O novo regente do Brasil, D. Pedro, tinha apenas 23 anos. Várias medidas das cortes de Lisboa buscam diminuir o poder do Príncipe-Regente e, desse modo, por fim à autonomia do Brasil. A insistência das Cortes para que D. Pedro voltasse a Portugal despertou atitudes de resistência no Brasil. No dia 9 de janeiro de 1822, foi entregue ao Príncipe Regente uma petição com 8.000 assinaturas solicitando que não abandonasse o Brasil. Cedendo às pressões D. Pedro respondeu:

"Como é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto. Diga ao povo que fico".

O Dia do Fico era mais um passo para a independência do Brasil. Em algumas províncias brasileiras, os partidários dos portugueses não prestigiavam o governo de D. Pedro. O general Avilés, comandante do Rio de Janeiro e fiel às Cortes, tentou obrigar o embarque do regente, mas foi frustrado pela mobilização dos brasileiros, que ocupavam o Campo de Santana. Os acontecimentos desencadeavam uma crise no governo e os ministros portugueses, demitiram-se. O príncipe formou um novo ministério, sob a liderança de José Bonifácio, até então vice-presidente da Junta Governativa de São Paulo. A princesa Dona Leopoldina seria a regente durante a ausência do marido. No mês de maio, o governo brasileiro estabelecia que qualquer determinação vinda de Portugal só poderia ser acatada após a aprovação de D. Pedro.

No dia 7 de setembro de 1822, D. Pedro se encontrava às margens do riacho Ipiranga em São Paulo, quando recebeu os últimos decretos de Lisboa, um dos quais o transformava num simples governador, sujeito às autoridades das Cortes. Essa atitude o conduziu a dizer que estavam cortados os laços que uniam o Brasil a Portugal. Daquele momento em diante, Independência ou Morte seria o lema de todos os brasileiros. No dia 12 de outubro do mesmo ano, D. Pedro foi aclamado como o primeiro imperador do Brasil, com o título de D. Pedro I, sendo coroado em 1º de dezembro de 1822.
HuemersonFMG
HuemersonFMG
Fundador - ADM
Fundador - ADM

Mensagens : 417
Pontos : 23577
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2018
Idade : 47
Localização : Brasil

FMGRPG
FMG:
07 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Left_bar_bleue200/10007 DE SETEMBRO – INDEPENDÊNCIA DO BRASIL Empty_bar_bleue  (200/100)

https://play.idevgames.co.uk/profile/Huemerson

Voltar ao Topo Ir em baixo

- Tópicos similares
Compartilhar este artigo em: redditgoogle

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum